Quarta, 17 de Julho de 2024
14°

Tempo limpo

Ponta Porã, MS

Dólar
R$ 5,47
Euro
R$ 5,99
Peso Arg.
R$ 0,01
Geral Legislativo - MS

Por proposição de Paulo Corrêa e Gleice Jane, nordestinos recebem Comenda Asa Branca

A tradição, a cultura e a alegria do povo nordestino foram celebradas em sessão solene na Assembleia Legislativa, nesta terça-feira (9). Por propos...

10/07/2024 às 18h01
Por: Jornalista Adilson Oliveira Fonte: Assembleia Legislativa - MS
Compartilhe:
Honraria é alusiva ao Dia da Comunidade Nordestina em MS
Honraria é alusiva ao Dia da Comunidade Nordestina em MS

A tradição, a cultura e a alegria do povo nordestino foram celebradas em sessão solene na Assembleia Legislativa, nesta terça-feira (9). Por proposição dos deputados Paulo Corrêa (PSDB) e Gleice Jane (PT), nordestinos e seus descendentes foram agraciados com a Comenda Asa Branca.

Filho de pai pernambucano e mãe cearense, o 1º secretário da Assembleia Legislativa destacou a contribuição da comunidade nordestina para o desenvolvimento de Mato Grosso do Sul e do país.

“Se não fosse pelos nordestinos, não teríamos construído esta nação. Eles representam uma parte essencial de tudo que foi construído aqui no nosso Estado e no Brasil. A força de trabalho deles é a mais presente no desenvolvimento de Mato Grosso do Sul. Mais do que isso, nossa cultura e tradições também são influenciadas pela cultura nordestina. Por isso, nos sentimos muito honrados em fazer essa justa homenagem a esse povo arretado e que não foge da luta, sempre com um sorriso no rosto”, disse Corrêa.

Também descendente de nordestinos, a deputada Gleice Jane falou sobre sua admiração pelo povo nordestino. “É um povo que tem história e traz para nós essa história com muita força. Tem uma coisa que eu admiro demais no povo nordestino, que é essa capacidade de conhecer o seu território, a sua cidade e o seu Estado, além de conhecer as relações culturais e o que aconteceu naquele lugar”, afirmou.

“É uma prática importante que nós também deveríamos ter: conhecer o Estado e as histórias daqui. O Mato Grosso do Sul ainda é um Estado novo, mas tem muita história, e a gente precisa contar isso”, completou. Os deputados estaduais Roberto Hashioka (União), Caravina (PSDB) e Lidio Lopes (Patriota) participaram da solenidade.

“Devemos ao povo desse estado toda a nossa gratidão”

Discursando em nome dos homenageados, a professora Lurdes Batista Monteiro, do grupo Amigos das Tradições Nordestinas de Anastácio, agradeceu a honraria com um poema de sua autoria.

“(...) Crescemos ouvindo nossos pais, dizerem coisas como essa, somos cavalo do cão, deveras fizemos isso, para que vocês tenham compromisso, com as raízes lá do sertão! E olha nós, cá, onde estamos, felizes com esse convite, ainda há quem duvide, que lugar assim já galgamos, pois a comenda conquistamos, e aos papais que do céu nos assistem, aos pais vivos abraçamos, com a Comenda Asa Branca, e para eles também a ofertamos! Foram eles que nos proporcionaram, porque um dia nos ensinaram, a honrar o nome como herança. Com o coração encarcado, cheio de tamanha emoção, agradecemos a oportunidade, de mostrar nosso galardão. Devemos ao povo desse estado toda a nossa gratidão!”, leu Lurdes.

Apresentações culturais

A solenidade também contou com apresentação musical do Grupo Terra Seca e de dança com participação especial do Grupo Amigos de Tradições Nordestinas. Os homenageados foram apresentados de forma diferenciada, em formato de cordel, com a participação especial dos repentistas José Edson Barbosa de Morais - “Prof. Barbosa” - e Ruberval Cunha. Os cordéis foram escritos pelos poetas e cordelistas Jairo Luiz da Silva e Luiz Vicente da Silva.

Ele1 - Criar site de notícias