Terça, 26 de Outubro de 2021
20°

Poucas nuvens

Ponta Porã - MS

Política 2022

União Brasil irá lançar Rose Modesto para governo de Mato Grosso do Sul

Anúncio foi feito pela senadora Soraya Thronicke (PSL), futura presidente do partido no Estado

11/10/2021 às 14h17
Por: Jornalista Adilson Oliveira Fonte: Correio do Estado
Compartilhe:
Atualmente Rose está no PSDB - Bruno Henrique
Atualmente Rose está no PSDB - Bruno Henrique

A senadora Soraya Thronicke (PSL) disse que o nome da deputada Rose Modesto (PSDB) é o mais cotado para ser candidata ao governo de Mato Grosso do Sul, pelo partido União Brasil, nas eleições de 2022.

“Eu estava na cadeira de pré-candidata, mas com a Rose a gente consegue caminhar, uma pessoa com trajetória ilibada que mostra pra gente que pode ser um cenário muito interessante para o nosso Estado”, afirmou a senadora na manhã desta segunda-feira (11), em entrevista à Rádio Hora.

A senadora afirmou que será a presidente do partido em Mato Grosso do Sul. 

“O eleitor sul-mato-grossense quer uma virada de chave. Estamos conversando, unindo outras siglas. É um projeto grande, ousado, mas que tem tudo para dar certo”, disse a dirigente do União Brasil no Estado.

O União Brasil foi oficialmente anunciado na quarta-feira (6). A sigla é uma fusão entre o Partido Social Liberal (PSL) e o Democratas (DEM). Agora, o partido espera a homologação do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Com a aprovação, será o partido com maior número de cadeiras ocupadas na Câmara dos Deputados. Devido a isso, terá nas eleições do ano que vem mais de R$ 900 milhões para gastar no Fundo Eleitoral.

De acordo com Soraya, o partido de direita terá como agenda principal a anticorrupção, economia liberal, conservadorismo e estado necessário e enxuto, com a venda de estatais.

“Não iremos com à esquerda de forma nenhuma. O partido está fazendo suas pesquisas qualitativa e quantitativas para saber qual é o nome mais viável. Não seremos coadjuvantes, seremos protagonistas”, disse.

O presidente nacional do partido será o deputado federal Luciano Bivar, atual presidente do PSL e o seu secretário-geral será o ex-prefeito de Salvador (BA), ACM Neto. 

Ele1 - Criar site de notícias