Quarta, 27 de Outubro de 2021
20°

Poucas nuvens

Ponta Porã - MS

Polícia ASSALTO

Família é rendida e amarrada em banheiro durante assalto à residência em Presidente Prudente

Um rapaz de 20 anos foi preso suspeito de envolvimento no assalto. Na casa dele foram apreendidos para investigação tênis, celulares e roupas.

05/10/2021 às 10h40
Por: Jornalista Adilson Oliveira Fonte: G1 Presidente Prudente
Compartilhe:
Na casa do suspeito foram apreendidos para investigação tênis, celulares e roupas — Foto: Cedida
Na casa do suspeito foram apreendidos para investigação tênis, celulares e roupas — Foto: Cedida

Um rapaz de 20 anos foi preso suspeito de envolvimento em um roubo a residência no Jardim Santa Paula, em Presidente Prudente (SP), na noite desta segunda-feira (4). Durante o assalto, uma família e dois amigos de uma das vítimas estavam no local.

 

A corporação foi acionada por meio do Centro de Operações da Polícia Militar (Copom). O solicitante informou um roubo em andamento, envolvendo dois indivíduos dentro de sua residência, um deles armado, e informou estar amarrado junto com sua família dentro do banheiro.

 

Uma equipe da PM foi ao endereço e contatou as vítimas, “que estavam muito abaladas, porém, conseguiram informar as características dos autores”, segundo a polícia.

 

De acordo com o boletim de ocorrência, as vítimas – dois homens, de 35 e 17 anos, e uma mulher de 33 anos – relataram aos policiais que dois homens as renderam e amarraram. Os ladrões fugiram após subtrair da casa celulares, joias e R$ 200 em dinheiro.

 

Dois amigos do filho do casal também estavam na casa durante o assalto, mas já tinham ido embora quando a polícia chegou e não foram qualificadas no boletim de ocorrência.

 

Segundo o registro policial, a família teria reconhecido um dos envolvidos, pois morava nas proximidades. Fotos de arquivo da PM foram exibidas e um suspeito foi indicado.

Os militares foram até a casa do homem suspeito, onde ele foi detido. Na residência foram encontrados roupas, tênis e celulares, que foram apreendidos para investigação. Contudo, os itens levados da casa das vítimas não foram localizados.

 

Conforme a Polícia Militar, seis celulares estavam desligados e um dos aparelhos pertencia ao suspeito.

Questionado, o rapaz negou participação no roubo e alegou que estava em casa no momento do crime. A voz de prisão foi ratificada e ele permaneceu à disposição da Justiça.

 

O caso é investigado pela Polícia Civil.

Ele1 - Criar site de notícias