Quarta, 27 de Outubro de 2021
20°

Poucas nuvens

Ponta Porã - MS

Polícia POLÍCIA

Em maior apreensão de dinheiro do ano no Estado de SP, quase R$ 12 milhões sem procedência comprovada são encontrados em Presidente Prudente

Valor estava no fundo falso de uma carreta bitrem, carregada com polpa cítrica, que foi abordada pela Polícia Militar Rodoviária na Rodovia Raposo Tavares (SP-270).

01/10/2021 às 15h09 Atualizada em 01/10/2021 às 15h25
Por: Jornalista Adilson Oliveira Fonte: G1 Presidente Prudente
Compartilhe:
Quase R$ 12 milhões em dinheiro, entre reais e dólares, foram apreendidos em Presidente Prudente (SP) — Foto: Polícia Rodoviária
Quase R$ 12 milhões em dinheiro, entre reais e dólares, foram apreendidos em Presidente Prudente (SP) — Foto: Polícia Rodoviária

Quase R$ 12 milhões em dinheiro – em reais e dólares – foram apreendidos pela Polícia Militar Rodoviária durante operação nesta quinta-feira (30), na Rodovia Raposo Tavares (SP-270), em Presidente Prudente (SP). Um homem, de 38 anos, foi detido.

Segundo a Secretaria da Segurança Pública (SSP), esta foi a maior apreensão de dinheiro realizada no Estado de São Paulo em 2021.

Quase R$ 12 milhões em dinheiro, entre reais e dólares, foram apreendidos em Presidente Prudente (SP) — Foto: Secretaria de Segurança Pública

Carga vinha do Mato Grosso do Sul

 

Uma carreta bitrem foi abordada na frente da Base Operacional do policiamento rodoviário em Presidente Prudente. Na ocasião, o motorista do veículo apresentou “atitudes suspeitas”. A carga de polpa de cítricos vinha do Mato Grosso do Sul.

Na vistoria, os policiais encontraram um “grande volume de dinheiro” em um fundo falso na cabine.

O total apreendido foi de R$ 11.551.636,40, dos quais R$ 4.344.166,04 eram em dólares.

Quase R$ 12 milhões em dinheiro, entre reais e dólares, estavam escondidos em cabine de carreta abordada em Presidente Prudente (SP) — Foto: Secretaria de Segurança Pública

Depois do flagrante, o motorista foi detido. Ele declarou que pegou a quantia em São Paulo e a levaria para o Mato Grosso do Sul.

A ocorrência foi apresentada na Delegacia da Polícia Federal, em Presidente Prudente, que vai investigar o caso.

Ele1 - Criar site de notícias