Quinta, 13 de Junho de 2024
17°

Tempo limpo

Ponta Porã, MS

Dólar
R$ 5,40
Euro
R$ 5,84
Peso Arg.
R$ 0,01
Geral Tocantins

Segurança Pública realiza curso voltado ao planejamento e à qualificação de operações contra organizações criminosas

Durante toda a semana, curso ocorre no auditório da Espol

10/06/2024 às 23h16
Por: Jornalista Adilson Oliveira Fonte: Secom Tocantins
Compartilhe:
Participam do curso 36 alunos do Tocantins e um do Amapá, totalizando 37 discentes entre delegados, agentes e escrivães - Foto: Vania Machado/Governo do Tocantins
Participam do curso 36 alunos do Tocantins e um do Amapá, totalizando 37 discentes entre delegados, agentes e escrivães - Foto: Vania Machado/Governo do Tocantins

Com foco em uma maior qualificação das operações, policiais civis participam durante toda esta semana, de 10 a 14 de junho, da1ª Edição do Curso de Planejamento de Operações de Repressão Qualificada, que ocorre no auditório da Escola Superior de Polícia (Espol), em Palmas. O curso é ofertado pela Secretaria de Estado da Segurança Pública do Tocantins, em parceria com o Ministério da Justiça e Segurança Pública.

Cedido ao Ministério da Justiça, o policial tocantinense Elizeu José dos Santos ministra o curso e destaca a importância do planejamento para o sucesso das operações policiais. “O curso visa exatamente instigar a prática do planejamento nesse tipo de operação, porque se torna muito complexa, por existirem muitos alvos, mandados e cautelares para se cumprir. E aí, acaba que, se não tiver esse planejamento prévio, a operação pode não ter o sucesso devido. Assim, a essência deste curso é justamente qualificar mais as investigações policiais, ou seja, ele vai além dos métodos tradicionais, busca critérios mais avançados, tecnológicos e integrados para poder investigar um crime, identificando assim toda a cadeia da organização criminosa”, destacou.

O instrutor destacou que, ao longo da semana, serão demonstradas situações práticas de diversos casos e situações para que os alunos tenham uma melhor compreensão sobre planejamento antes de sair a campo. “A polícia precisa ser muito mais organizada e estar sempre dois passos à frente das organizações criminosas”, ressaltou.

Participam do curso 36 alunos do Tocantins e um do Amapá, totalizando 37 discentes entre delegados, agentes e escrivães.

A diretora da Espol, Heloísa Godinho, destacou o empenho da gestão da SSP-TO em proporcionar qualificações inovadoras. “Aproveito a oportunidade para agradecer o nosso instrutor, que é prata da casa e se dispôs a ministrar esse curso aos colegas tocantinenses. Agradeço ainda a gestão por não medir esforços para que os cursos de qualificação aconteçam com o intuito de melhorar o trabalho investigativo.Será uma semana bastante intensa e esperamos que todos façam bom proveito”, destacou.

O delegado titular da Diretoria de Repressão à Corrupção e ao Crime Organizado (Dracco), Afonso Lyra, também destacou a importância da qualificação. “Parabenizo a Espol por mais essa capacitação, por estar sempre buscando qualificar nossos policiais, visando otimizar o trabalho policial”, concluiu.

Ele1 - Criar site de notícias