Quarta, 27 de Outubro de 2021
20°

Poucas nuvens

Ponta Porã - MS

Política 'GABINETE PARALELO'

CPI da COVID convoca empresário Luciano Hang a prestar depoimento

Dono das lojas Havan é apontado como um dos que formavam o gabinete paralelo do Ministério da Saúde no governo Bolsonaro

23/09/2021 às 12h47
Por: Jornalista Adilson Oliveira Fonte: Estado de Minas
Compartilhe:
Empresário prestará depoimento na próxima quarta-feira (29/9) (foto: Anderson RIEDEL / AFP)
Empresário prestará depoimento na próxima quarta-feira (29/9) (foto: Anderson RIEDEL / AFP)

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da COVID, que investiga ações e omissões do governo federal no enfrentamento à pandemia, aprovou nesta quinta-feira (23/9) a convocação do empresário Luciano Hang para prestar depoimento na Comissão de Constituição e Justiça do Senado. A oitiva de Hang está marcada para 10h da próxima quarta-feira (29/9).

O pedido foi feito pelo relator da CPI, senador Renan Calheiros (MDB-AL), durante a sessão que contou com a presença de Danilo Trento, sócio da Primarcial Holding e Participações. 

"Estamos nos encaminhando para a reta final da Comissão Parlamentar de Inquérito. Há um depoimento que venho insistindo e considero muito importante, que é o do empresário Luciano Hang. Seria importante para essa relatoria que pudéssemos marcar. Peço a vossa excelência, com a Comissão Parlamentar de Inquérito, nesse propósito. Ele é um empresário importante no Brasil, membro destacado do gabinete paralelo, e temos conversas dele que são absurdas sobre qualquer contexto. É importante trazê-lo até o fim dos nossos trabalhos. Se vossa excelência especificasse um dia, ficaria muito grato", afirmou Renan, solicitando o pedido ao presidente da CPI, Omar Aziz (PSD-AM).

Para Omar, a oitiva do empresário será essencial para esclarecer pontos importantes na investigação do ‘gabinete paralelo’, responsável por orientar a população a aderir à medicamentos sem eficácia comprovada.

"Ele, como um patriota brasileiro, e faz questão de mostrar isso em suas redes sociais e participou ativamente nas discussões de tratamento precoce, certamente ficará feliz em vir à CPI contribuir com a investigação para que a gente possa ver o que ocorreu para chegar às 600 mil mortes", afirma Aziz.

Um dos apoiadores mais assíduos do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), Hang é dono das lojas Havan e financiou boa parte da campanha do chefe do Executivo rumo ao Palácio do Planalto. Desde então, aparece frequentemente na mídia defendendo as ideias de Bolsonaro, como o uso de cloroquina para tratamento da COVID, uso de armamentos e é presença constante em atos e manifestações onde o presidente participa.

O que é uma CPI?

As comissões parlamentares de inquérito (CPIs) são instrumentos usados por integrantes do Poder Legislativo (vereadores, deputados estaduais, deputados federais e senadores) para investigar fato determinado de grande relevância ligado à vida econômica, social ou legal do país, de um estado ou de um município. Embora tenham poderes de Justiça e uma série de prerrogativas, comitês do tipo não podem estabelecer condenações a pessoas.

O que a CPI da COVID investiga?

Instalada pelo Senado Federal em 27 de abril de 2021, após determinação do Supremo Tribunal Federal (STF) , a  CPI da COVID trabalha para apurar possíveis falhas e omissões na atuação do governo federal no combate à pandemia  do novo coronavírus. O repasse de recursos a estados e municípios também foi incluído na CPI e está na mira dos parlamentares.

Ele1 - Criar site de notícias