Quarta, 27 de Outubro de 2021
20°

Poucas nuvens

Ponta Porã - MS

Política POLÍTICA

Deputado Coronel David pede ao Governo de MS que atividades de beleza sejam classificadas de baixo risco pelo Prosseguir

Parlamentar defende que os profissionais da área seguem rigorosos protocolos de saúde e higiene para serem considerados como risco “médio”

29/06/2021 às 19h12
Por: Jornalista Adilson Oliveira Fonte: Assessoria CD
Compartilhe:
Deputado Estadual Coronel David (sem partido) Foto: Pedro Ernesto
Deputado Estadual Coronel David (sem partido) Foto: Pedro Ernesto

Autor do projeto de lei que reconhece como essencial a atividade realizada por profissionais da área da beleza como cabeleireiros, manicures, barbeiros, esteticistas, maquiadores e afins, o deputado estadual Coronel David (sem partido), enviou nesta terça-feira (29), indicação ao Governo do Estado e a Secretaria de Estado de Saúde de Mato Grosso do Sul (SES) pedindo que a classificação dessas atividades sejam rebaixadas de médio para baixo risco no Comitê Gestor do  Programa de Segurança e Saúde na Economia (Prosseguir). 

A demanda foi solicitada pelo Sindicato dos Profissionais da Área da Beleza de MS (Sindiprocab). O parlamentar defende que os profissionais da área precisam trabalhar para garantir o sustento de suas famílias e também mexem com o bem estar das pessoas seguindo rigorosos protocolos de saúde e higiene, evitando assim o contágio de doenças como o coronavírus. 

Com isso, o deputado explica que o rebaixamento de risco pelo Prosseguir no momento é necessário para que o setor seja menos prejudicado diante dos efeitos catastróficos da pandemia. 

Durante a sessão na Assembleia Legislativa, o Coronel David enfatizou que estão sendo realizadas reuniões no setor responsável da Secretaria de Saúde de Mato Grosso do Sul sobre esse tema em específico. 

Projeto de Lei

Aprovado por unanimidade em primeira votação, no último dia 22, o Projeto de Lei 82/2021 reconhece como essencial a atividade realizada por todos os profissionais da área da beleza. Com isto, impede o fechamento de estabelecimentos do tipo durante a vigência de decretos de lockdown durante a pandemia do novo coronavírus. 

“Esse é um projeto de grande importância, pois garante emprego e renda a milhares de profissionais da área, além de oferecer à população a sensação de bem-estar e melhoria na qualidade de vida”, explica o deputado. 

A proposição passará por segunda discussão e votação final e depois será encaminhada para análise do governador do Estado Reinaldo Azambuja.

Ele1 - Criar site de notícias