Sábado, 28 de Novembro de 2020
18 98814 7587
Política BRIGA INTERNA

Maia sobre Salles: "Não satisfeito em destruir o meio ambiente, resolveu destruir o governo"

Ministro do Meio Ambiente também protagonizou, nesta semana, uma briga pública com o ministro Ramos, chamando-o de

24/10/2020 12h51 Atualizada há 1 mês
Por: Jornalista Adilson Oliveira Fonte: CB
(crédito: Marcelo Ferreira/CB/D.A Press)
(crédito: Marcelo Ferreira/CB/D.A Press)

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), criticou neste sábado (24/10) a postura do ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles. Maia usou sua conta no Twitter para dizer que o ministro agora “resolveu destruir” o governo presidente Jair Bolsonaro.

“O ministro Ricardo Salles, não satisfeito em destruir o meio ambiente do Brasil, agora resolveu destruir o próprio governo”, escreveu. Nesta semana, Salles protagonizou uma briga com o ministro da Secretaria de Governo, o general Luiz Eduardo Ramos. Também pelo Twitter, o ministro do Meio Ambiente chamou o militar de “maria fofoqueira”.

Salles compartilhou uma notícia do jornal O GLOBO no qual dizia que o ministro “esticou a corda” com a ala militar do governo após o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) suspender as ações de combate aos incêndios no Pantanal e na Amazônia devido à falta de recurso. “Ministro Ramos, não estiquei a corda com ninguém. Tenho enorme respeito e apreço pela instituição militar. Atuo da forma que entendo correto. Chega dessa postura de #mariafofoca”, escreveu, deixando a briga pública.

Segundo informações da CNN, o ministro havia chamado Ramos de “banana de pijama” em outra publicação, mas apagou. "Tenho enorme respeito pela instituição militar. Como em qualquer lugar, infelizmente, há sempre uma maçã podre a contaminar os demais. Fonte de fofoca, de intriga, de conspiração e da discórdia. O problema é a banana de pijama", dizia o tuíte apagado.

Ramos é o articulador de Bolsonaro no Congresso Nacional, e é bem visto por parlamentares. Já Salles tem apoio da ala mais ideológica do governo. Um dos líderes do Centrão, por exemplo, Ciro Nogueira (PP-PI) publicou no seu Twitter uma mensagem de apoio ao ministro. "O Progressistas manifesta total apoio ao trabalho do ministro-chefe da secretaria de Governo da Presidência da República, Luiz Ramos . Sua atuação tem sido fundamental na construção e estabilidade de uma base sólida no Congresso Nacional", escreveu.

Na última sexta-feira (23), o deputado federal Marcelo Ramos (PL-AM) divulgou uma mensagem na rede social sobre Ramos. "Ministro Ramos tem dialogado com a Câmara de forma cordial, respeitosa e buscando construir convergências que ajudem o Governo e o Brasil. O governo não pode se perder em baixarias. Toda atenção deve ser dada a superação da crise econômica, social e sanitária decorrente do corona", pontuou.

A deputada federal Bia Kicis (PSL-DF), bolsonarista mais ligada à ala ideológica, publicou uma foto ao lado de Salles em seu Twitter na última sexta-feira (23). "Dia de foto com o querido Salles", escreveu. Ainda na sexta-feira, compartilhou uma postagem do ministro do Meio Ambiente, na qual agradece ao ministro da Economia, Paulo Guedes, pelo remanejamento de R$ 60 milhões à pasta ambiental. "Dois grandes Ministros com M maiúsculo", escreveu Bia.

 

Ponta Porã - MS
Atualizado às 10h35 - Fonte: Climatempo
28°
Alguma nebulosidade

Mín. 22° Máx. 34°

29° Sensação
33 km/h Vento
58% Umidade do ar
90% (10mm) Chance de chuva
Amanhã (29/11)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 24° Máx. 34°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.
Segunda (30/11)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 24° Máx. 35°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.
Ele1 - Criar site de notícias