Segunda, 21 de Setembro de 2020
18 98814 7587 Fixo (67) 3433-3321
Geral COMEMORAÇÃO

Em cerimônia da Independência sem desfile, Bolsonaro cumprimenta apoiadores

A cerimônia foi iniciada com o hino nacional, seguido do hasteamento da bandeira, o hino da independência e por fim, a apresentação da esquadrilha da fumaça

07/09/2020 11h19 Atualizada há 2 semanas
Por: Jornalista Adilson Oliveira Fonte: CB
O presidente Jair Bolsonaro chegou em um automóvel conversível Rolls-Royce para a cerimônia do Dia da Independência no Palácio da Alvorada, na manhã desta segunda-feira - (foto: ED ALVES/CB/D.A.Press)
O presidente Jair Bolsonaro chegou em um automóvel conversível Rolls-Royce para a cerimônia do Dia da Independência no Palácio da Alvorada, na manhã desta segunda-feira - (foto: ED ALVES/CB/D.A.Press)

O presidente Jair Bolsonaro participou da cerimônia do 198° aniversário do Dia da Independência ocorrida, nesta segunda-feira (7/9), no Palácio da Alvorada. Devido a pandemia da covid-19, o tradicional desfile na Esplanada dos Ministérios foi cancelado pela primeira vez na história e a data foi comemorada de maneira comedida.

O chefe do Executivo saiu do Palácio da Alvorada em um Rolls Royce. Minutos antes, a primeira-dama, Michelle Bolsonaro. saiu a pé pela porta da residência oficial e cumprimentou apoiadores que aguardavam a cerimônia e foi recebida aos gritos de "mita".

A cerimônia foi iniciada com o hino nacional, seguido do hasteamento da bandeira, o hino da independência e por fim, a apresentação da esquadrilha da fumaça. Ao final, Bolsonaro e ministros também cumprimentaram apoiadores presentes. Para às 20h, está previsto um pronunciamento do presidente em cadeia nacional de rádio e televisão. 

Estrutura reduzida

Para a cerimônia desta segunda-feira, o governo montou uma estrutura reduzida no Alvorada para que as autoridades, a imprensa e até apoiadores do presidente pudessem acompanhar o hasteamento da bandeira. Em seguida, ocorre uma apresentação da esquadrilha da fumaça por cerca de dez minutos.

Inicialmente, a Secom informou que o evento seria restrito apenas para convidados, mas o espaço acabou aberto para dezenas de pessoas sob o argumento de que a estrutura foi criada para receber os visitantes que vão diariamente ao Palácio da Alvorada, o que gerou aglomeração.

Os apoiadores do presidente seguram bandeiras do Brasil, dos Estados Unidos e de Israel. Nem todos usam máscara de proteção.

Foram convidadas pelo governo algumas das principais autoridades de Brasília para a cerimônia, como os presidentes da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), e do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli, além de ministros de Estado e chefes das Forças Armadas.

Com o desentendimento público entre Maia e o ministro da Economia, Paulo Guedes, o presidente da Câmara optou por não comparecer à comemoração. Segundo a assessoria de Maia, no entanto, o parlamentar não poderá participar porque estará no Rio no horário do evento. No ano passado, ele também não compareceu, porque estava em viagem ao Catar.

Ponta Porã - MS
Atualizado às 01h55 - Fonte: Climatempo
16°
Pancada de chuva

Mín. 14° Máx. 24°

16° Sensação
19.4 km/h Vento
47.3% Umidade do ar
0% (0mm) Chance de chuva
Amanhã (22/09)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 15° Máx. 27°

Sol com algumas nuvens
Quarta (23/09)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 16° Máx. 28°

Sol com algumas nuvens
Ele1 - Criar site de notícias