Quarta, 25 de Maio de 2022
25°

Alguma nebulosidade

Ponta Porã - MS

Política ELEIÇÕES

Corrida pelo governo de MS tem quatro candidatos brigando pela ponta, diz pesquisa

Eduardo Riedel mostra maior crescimento e atinge 10%; com Rose logo à frente, ambos pressionam o líder Puccinelli e vice Marquinhos

08/05/2022 às 19h17
Por: Jornalista Adilson Oliveira Fonte: Correio do Estado
Compartilhe:
Corrida pelo governo de MS tem quatro candidatos brigando pela ponta, diz pesquisa

N

ova pesquisa de intenção de voto desenha a corrida para o Governo do Estado acirradíssima entre os quatro principais pré-candidatos. Divulgada neste domingo (08), uma margem de seis pontos percentuais separa o líder André Puccinelli (MDB) do candidato da situação, Eduardo Riedel (PSDB), quarto colocado atualmente. 

Divulgada pela Ranking Comunicação e Pesquisa, sob os registros MS-09961/2022 e BR-01171/2022, o ex-governador lidera a pesquisa com 16,6% das intenções de votos espontâneas, empatado tecnicamente e seguido de perto pelo ex-prefeito Marquinhos Trad (PSD) com 15,2%. 

Deputada Federal licenciada Rose Modesto (União Brasil) aparece não muito atrás em terceiro com 12,3% e, fechando a lista dos quatro principais concorrentes, Eduardo Riedel figura em quarto com 10%. Não souberam ou não quiseram responder foram 42,4% dos entrevistados. 

Entre os mais rejeitados estão os dois líderes da pesquisa. André Puccinelli (MDB) tem 22,5% de rejeição e Marquinhos Trad (PSD) aparece com 15%. Na sequência aparecem Capitão Contar (PRTB) com 5,5%, Gisele Marques com 5,2%. Rose Modesto (União)  e Eduardo Riedel (PSDB) são os menos rejeitados com 3,5% e 3,2%. Não responderam a essa pergunta 45,1% dos entrevistados. 

Presidência 

Já na presidência, a intenção de voto em MS está mais polarizada, com o atual presidente Jair Bolsonaro (PL), liderando a disputa no estado com 32% das intenções de voto. Em segundo está o ex-presidente Lula com 23,1%.

Lembrados por pequena parcela da população, Simone Tebet, natural do estado, tem apenas 2,8% e Ciro Gomes tem 1,8%. Não souberam ou não quiseram responder somam 32,4% dos entrevistados. 

No segundo turno, a polarização continua com a maioria de 43% optando por Jair Bolsonaro. Lula segue atrás com 35% dos votos sul-mato-grossenses. Não souberam ou não responderam somaram 21,5%. 

Os responsáveis pela pesquisa divulgaram ter entrado em contato com 3 mil pessoas de dois a seis de maio em 30 municípios do estado, com margem de erro de 1,8 ponto porcentual para mais ou para menos. 

Foram consultados eleitores nas seguinte cidades: Campo Grande 1.242, Dourados 269, Três Lagoas 151, Ponta Porã 122, Corumbá 119, Naviraí 72, Aquidauana 70, Nova Andradina 68, Sidrolândia 64, Paranaíba 61, Maracaju 55, Coxim 52, Amambai 52, Rio Brilhante 50, São Gabriel do Oeste 42, Caarapó 41, Ivinhema 40, Miranda 38, Chapadão do Sul 37, Jardim 36, Anastácio 36, Bataguassu 35, Bonito 34, Aparecida do Taboado 34, Fáma do Sul 32, Bela Vista 32, Nova Alvorada do Sul 31, Ribas do Rio Pardo 29, Cassilândia 28, Itaquiraí 28. 

 

Ele1 - Criar site de notícias